Total de visualizações de página

13 de dezembro de 2010

Dezembro festivo


Que mês agitado este!
Primeiro que as pessoas ficam enlouquecidas, anciosas, apressadas, impulsivas, distraídas, uma loucura! É um corre corre para comprar os presentes, planejar as festas, organizar a mala de viagem, pensar no amigo secreto, pagar as contas, ir ao médico e fazer todos os exames,... Enfim, deixar tudo mais do que pronto e resolvido, para na noite de Natal sentar no sofá, respirar fundo e dizer: ufa, agora posso relaxar e celebrar tudo que me é de direito.
Então você se reúne com a família, os amigos, confraterniza, sorri, se permite a felicidade em seu estado pleno. Papai Noel manjado, crianças chorando, muitos presentes,perú, a missa do Galo, músicas natalinas...
Muitas vezes no meio daquela algazarra toda, a tristeza tentará penetrá-lo, pois inevitavelmente você se lembrará das pessoas que você ama e que não estão ali do seu lado. Alguns sucumbirão e nessa hora virão as lágrimas da saudade, misturadas à euforia do momento.
Depois disso muita comida, bebida, o ano novo, fogos, lentilha, simpatias, roupas brancas, champagne. Nessa hora você vai ter duas coisas em mente: que precisa tomar um sal de frutas, e que depois da virada, precisa iniciar um regime.
Inicia-se então um novo ano, dezembro ficou pra trás, você irá perceber que passou por sentimentos ambíguos, mas que este turbilhão de emoções é vital a todos, para que então iniciemos uma nova etapa, renovados e zerados, para encarar mais 365 dias que irão findar-se mais uma vez no caleidoscópico mês de dezembro...
BOAS FESTAS A TODOS!!!
(Danimfuga)

2 de dezembro de 2010


Quando tá escuro
E ninguém te ouve
Quando chega a noite
E você pode chorar

Há uma luz no túnel
Dos desesperados
Há um cais de porto
Prá quem precisa chegar

Eu tô na lanterna
Dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar

Uma noite longa
Prá uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar

E são tantas marcas
Que já fazem parte
Do que eu sou agora
Mas ainda sei me virar

Eu tô na lanterna
Dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar...

Paralamas do Sucesso

30 de novembro de 2010


“É tão natural ...
destruir o que não se pode possuir,
negar o que não se compreende,
insultar o que se inveja...”

13 de novembro de 2010

AMIGAS PARA SEMPRE


Ontem foi o aniversário de uma pessoa que amo muito! Minha amiga do coração, a SOADRE.
Desde que me conheço por gente, lembro dessa pessoa ao meu lado, sempre sorrindo, sempre companheira, sempre de bem com a vida e com todos. Tenho algumas "the best friends", mas essa criaturinha é muito importante pra mim, não sei explicar. Talvez por ela sempre ter me entendido, talvez por nunca ter me julgado, quem sabe por não ter lembrança alguma de algo feio que ela possa ter feito, quem sabe pela sua eterna e contagiante alegria de viver, não sei... Uma pessoa íntegra, de coração limpo, com vocação extrema pra felicidade, linda, carismática, amada por todos. E não importa a quantos anos (uns 15 eu acho) ela tenha ido morar bem longe de mim, a ligação inabalável que se forma quando encontramos um amigo de verdade é tamanha, que nem o tempo, a distância ou as circunstâncias da vida conseguem destruir este elo tão sólido e duradouro. Podemos ficar meses, anos sem nos falar, mas quando nos encontramos é como se o tempo não tivesse passado, ouvir aquele sorriso é um verdadeiro bálsamo à minha alma, me faz voltar pra casa e lembrar do tempo em que a vida era tão plena e feliz, a ponto de subirmos numa árvore de amora e esquecermos do resto do mundo por uma tarde inteira, sentindo apenas a plenitude da felicidade que só mesmo uma criança pode sentir...
Ontem liguei pra ela e tentei disfarçar minha voz pra surpreendê-la (e olha que me esforcei no número!!). Na mesma hora ela disse: Ahhhhh Daniela, tu acha que eu não sei que é tu! Eu disse: mas como você descobriu, eu disfarcei tão bem!!??? Ela simplesmente respondeu: como você acha que posso esquecer da tua voz, se somos amigas desde os 5 anos de idade?
Logo depois o celular pifou e a ligação se encerrou.
E daí???? Já tinha dado os parabéns à minha melhor e mais perfeita amiga.
TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
(Danimfuga)

12 de novembro de 2010




"Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

William Shakespeare

8 de novembro de 2010

Orgulho de ser quem sou


Não vou mudar minha forma coerente e digna de pensar e agir, em prol de pessoas que não merecem minha consideração.
Tenho só a lamentar se hoje em dia a maior parte das pessoas ficam encomodadas quando tem de conviver com gente de caráter e princípios.
Cada dia mais me orgulho do pai e da mãe que tive, que me ensinaram a ser uma pessoa honesta, digna, amorosa, de bom coração e que tem compaixão pelos outros.
Tenho muitos defeitos, é verdade. Posso falar demais, ser impaciente, exagerada, perfeccionista, dramática, infantil... Enfim, isto faz parte da natureza humana, ninguém é perfeito afinal.
Porém, jamais apontei o dedo para os erros de pessoas com as quais convivi e que eram importantes pra mim, pois sempre levei em conta as atitudes delas para comigo, que para mim era o que mais importava.
Mas depois de um tempo a verdade vem nos mostrar que quem erra na vida não admite ver pessoas corretas a seu lado.
Aceito as pessoas como são, mas isso não dá a elas o direito de pisar ou maldizer a mim ou as pessoas a quem eu considero.
Por mais que a vida me mostre o contrário, jamais mudarei minha essência. Mentir, trair, roubar, agredir, fazer intriga, jamais farão parte do que sou.
Lutarei até o fim pelo que acho certo, defenderei meus princípios e jamais me curvarei à malidiscência, inveja ou falta de consideração alheia.
Tenho só a lamentar ao perceber que meu maior defeito talvez tenha sido supervalorizar pessoas que não mereciam meu amor, minha consideração, minha dedicação e meu comprometimento.
Jamais devolverei na mesma moeda o mal que me fizerem e continuarei sempre de cabeça erguida buscando entender que quem não me valoriza é porque não me merece...
E que o ser humano reveja seus valores, busque mais a Deus, seja menos hipócrita, reconheça seus erros e tente corrigi-los, ao invés de sentir-se encomodado com os acertos dos outros.
(Danimfuga)

30 de outubro de 2010


"Plenitude é quando a vida cabe no instante presente sem aperto
e a gente desfruta o conforto de não sentir falta de nada."

(Ana Jácomo)

As pessoas realmente sábias sempre meditam sobre o que vão dizer antes de falar, e consideram se o lugar e o momento são os mais apropriados.
Isso se chama bom-senso, que eu tanto invejo e procuro exercitar.
Há uma frase de que gosto muito e que diz: esteja certo de ter terminado de falar antes que seu público tenha terminado de ouvir, e é exatamente nesse ponto em que acaba a utilidade da conversa para começar o tormento do blábláblá.
Que pena muitas vezes nos faltar sensibilidade para perceber, antes de maiores danos a nossa reputação, a hora exata de emudecer.
Falar é semear, tanto para o bem quanto para o mal. Falar demais é comprometer a colheita-e talvez por isso mesmo o silêncio seja de ouro.
(Daiana Franco)

Somos donos de nossos atos,
mas não donos de nossos sentimentos;
Somos culpados pelo que fazemos,
mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos...
Atos sao pássaros engailoados,
sentimentos são passaros em vôo...

Mário Quintana

29 de outubro de 2010


"Ainda falta descobrir a serenidade
ainda falta dominar a ansiedade
e aprender a esperar.
Ainda me falta
aprender muito..."

"Preocupar-se é como estar numa cadeira de balanço,
te dá o que fazer, mas não leva a lugar nenhum..."

19 de outubro de 2010

'Perfeição"


"Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais...
Vamos celebrar nossa justiça

A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros...
Nosso castelo

De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã...
Vamos celebrar a fome

Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração..."

LEGIÃO URBANA

Fazer o certo é ser errado?


Minha felicidade encomoda
Meu comprometimento encomoda
Minha honestidade encomoda
Minha eficiência encomoda
Minha sinceridade encomoda
Minha compaixão pelos outros encomoda

Vai ver que o bonito hoje em dia seja o contrário de tudo isso.
Quanto mais dissimulado melhor
Quanto mais aproveitador melhor
Quanto mais desonesto melhor
Quanto mais SEM VERGONHA melhor.

Não pra mim, não no meu mundo.
Tenho um milhão de defeitos, e talvez o maior deles seja querer fazer sempre o que é certo...
Quam sabe no mundo de hoje, isto realmente não cabe mais. É utopia barata.
(Danimfuga)

17 de outubro de 2010


"A vida é muito curta para acordar com arrependimentos. Ame as pessoas que te tratam bem. Ame, também, àqueles que não, só porque você pode. Acredite que tudo acontece por uma razão. Se tiver uma segunda chance, agarre com as duas mãos. Se isso mudar sua vida, deixe acontecer. Beije devagar. Perdoe rápido. Deus nunca disse que a vida seria fácil. Ele simplesmente prometeu que valeria a pena."

Minha vida colorida


"Não tenho culpa se meus dias têm nascido completamente coloridos e os outros cismam em querer borrar as cores. Não tenho culpa se meu sorriso é de verdade e acontece por motivos bobos, mas bem especiais. Não tenho culpa se meus passos são firmes. Não sou perfeita... Eu tropeço e caio de vez em quando, aliás, eu caio muito. Meus olhos... têm brilhado bem diferente ultimamente. E brilham diferente a cada dia...e começo a me preocupar, pois tenho medo da velocidade dessas alterações... E no meu mundo mais lindo e completo não consigo entender a existência de algumas pessoas. Mas o mundo aqui não é dos mais justos mesmo... compreendo. Mas mesmo assim, eu tenho bastante lápis de cor... empresto pra quem quiser pintar a vida. Mas por favor... não borrem a minha..."

"Uma dose de amnésia, e duas de desapego por favor."

7 de outubro de 2010


O sistema é bruto, é verdade... Eu sempre tive uma grande capacidade de regeneração no que diz respeito as arapucas que a vida prega, mas tem horas que nem meus pensamentos mais otimistas e esperançosos são capazes de aliviar o nível absurdo de indignação que toma conta do meu ser. Comecei a chegar a incrível conclusão de que as palavras que saem da minha boca chegam de forma totalmente codificada aos ouvidos alheios formando no meio desta tentativa vã de comunicação, um imenso vácuo que depois se volta contra mim de forma violenta e avassaladora. Caio no chão e penso, mas o que foi que eu fiz? Será que tá chegando a hora de eu fazer análise, como todas aquelas pessoas famosas da TV??? Ou será que eu sou tão idiota assim a ponto de apenas eu ainda nao ter percebido o quanto sou insuportável, completamente incompreenssível, incrivelmente bizarra e infinitamente sem noção??? Alguém por favor me empreste a bússola pra eu me situar?Paro e penso no que sobra quando se tenta ser o melhor em várias circunstâncias triviais da vida profissional, afetiva, social, familiar, intelectual, financeira, espiritual e sei lá eu mais o que... nao sei pra vcs, mas pra mim quase nada, ou na realidade o inverso daquilo que tento dar de melhor. Ganho o pior na mesma proporção. Ó Deus, obrigado por me poupar dessa enxurrada qdo chego em minha casa e encontro minha filha e meu marido (ah se não fossem eles...) Mas e o resto da humanidade, o que quer de mim? Dou o meu melhor e só recebo porrada, foi, é e será que sempre será??! De que adianta se esforçar pra ser a melhor amiga, profissional, irmã, prima, colega, anfitriã, vizinha, motorista, aluna, ouvinte,... se na hora do acerto de contas fico sempre com a pior das notas, todos levantam a plaquinha de menos 3 e minhas pernas se partem ao meio. Vontade de mandar tudo pro espaço! Mas essa não sou eu. Sim, eu me importo! Nao sei viver cheia de mim, bastando-me ao espelho da minha alma. Preciso de aplausos (qual palhaço nao precisa?), quero reconhecimento, admiração, carinho, compaixão, afeto, atenção e o que eu recebo????????? Cartão vermelho, vc tá fora, o que fez não foi suficiente, e nunca será!!!! Sou o cão sedento procurando seu bando e só encontrando as porteiras fechadas. Até quando dormirei ao relento, enquanto cuido do rebanho, e ninguém reconhece meu esforço, minhas renúncias, meu amor e meu comprometimento. Eu já desisti de entender este mundo, desisti de entender o que cativa as pessoas, o que faz você se tornar alguém admirável, especial e único no mundo. Olho pro lado e só vejo ingratidão, desprezo, desdem, indiferença. Olho de novo e vejo pessoas medíocres tendo privilégios completamente descabidos e sem o menor merecimento, e aí me questiono... será que peguei o trem errado? Em que esquina eu entrei na contramão? Consegui voltar o caminho algumas vezes e tomar o que era meu de direito, mas quando voltei aos trilhos, percebi que meu trem estava sendo sabotado em vários pontos do caminho, mas por que????????????? Será que um dia terei estas respostas? Viverei por muito tempo sem elas, eu creio. Preciso de um filtro, ser menos receptiva, mais seletiva e reservada, fria, distante, quase intocável. Uma dúvida, um mistério, um segredo a ser desvendado. Talvez seja isso, sou muito óbvia, eu canso as pessoas. Estou farta de me explicar, de querer que os outros percebam minhas boas e puras intenções, de ser tao certinha e eficiente (a meu ver), de estar sempre a disposição, de ser a mão eternamente estendida, o pano sujo em que os outros se limpam e depois desprezam. Será que algum dia fui o suficiente para alguém que tenha passado em minha vida? Será que um dia fiz diferença na vida de alguém? São perguntas que eu talvez jamais tenha as respostas. Enquanto isso vou vivendo, feliz sim porque Deus me presenteou com duas pessoas que são tudo pra mim, eles são a forma de Deus me dizer que eu tenho algum valor e mereço a filha e o marido que tenho. Talvez um dia eu entenda que no fim é apenas isso que importa, que não preciso de mais nada nem ninguém. Até lá fica essa incógnita constante rondando meus pensamentos... Até quando?
(Danimfuga)

6 de outubro de 2010


Enquanto as pessoas deste mundo continuarem valorizando tudo que é podre (pessoas, lugares e momentos) e menosprezando aquilo que realmente presta e merece valor, este lugar chamado Planeta Terra será uma eterna fossa a céu aberto, e aí nao há como algo de bom emergir e ser visto pelos olhos humanos. Estao todos atolados na merda!
(Danimfuga)

22 de setembro de 2010


" Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto,
Mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém
também pensa em mim quando fecha os olhos,que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza
pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,que abusa demais dos bons sentimentos
que a vida proporciona,que dê valor ao que realmente importa,
que é meu sentimento...e não brinque com ele."

Mário Quintana

"Essa lembrança que nos vem às vezes...
folha súbita que tomba abrindo na memória a flor silenciosa de mil e uma pétalas concêntricas...Essa lembrança...mas de onde? de quem?
Essa lembrança talvez nem seja nossa,mas de alguém que, pensando em nós, só possa mandar um eco do seu pensamento nessa mensagem pelos céus perdida...Ai!
Tão perdida que nem se possa saber mais de quem!"
Mário Quintana

"Esta sensação de que nada é meu,
de que tudo está por um fio,
essa inquietação constante, dolorida,
que não diz a que veio, esse mar que desconheço às vezes,
essa mão que não consigo segurar,
esse dia que amanhece em pedaços,
essa dor de [me] ser, de [me] sentir, de me espalhar por aqui,
de não me esconder sob o sol de dezembro."

"De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou..."


(William Shakespeare)

21 de setembro de 2010

EVOLUA!

Não sei resumir minhas idéias, mas vou tentar....
Até quando teremos que conviver com pessoas egoístas e medíocres, tendo que fingir que nada percebemos e que toda aquela impáfia não nos atinge???
Tem gente que nunca irá crescer e jamais saberá o que significa a palavra
E V O L U I R!

(Danimfuga)

17 de setembro de 2010

São lembranças, bons momentos


Essa noite sonhei com uma pessoa que não vejo a muito tempo. Adoro isso, por que de certa forma consigo matar um pouco a saudade daqueles que moram longe ou não estão mais por aqui. No sonho eu passava o dia conversando com essa pessoa, a gente ria muito, passeava, comia, bebia, colocava os assuntos em dia, visitava lugares, filosofava, contava novidades, tirava sarro um da cara do outro. Enfim, revivemos e celebramos uma amizade ímpar num encontro que muito provavelmente vai demorar muito a acontecer, ou talvez nem aconteça mais.
Aí fiquei pensando no quanto nossa mente é realmente uma coisa instigante, tantos momentos arquivados e catalogados conforme nossos mais diversos sentimentos e impressões, que ora se mostram e nos fazem vivenciar emoções já sentidas, ora escondem-se para nos poupar de reviver sensações não tão agradáveis...
Mas é só buscar um pouco e ela está lá, a lembrança nítida daquele momento que foi tão importante, ou que até mesmo pode ter sido insignificante quando aconteceu, mas que com o passar do tempo passa a ter uma grande importância na nossa vida.
Um sorriso, um abraço, um encontro, uma festa, um cheiro, uma sensação, um medo, uma alegria, um sonho realizado.
Se pudesse escolher, uma das últimas coisas que gostaria de perder seria minha memória, pois é através dela que viajo pelas minha vivências e procuro tirar de cada momento uma lição para a vida que segue... Que bom que de vez em quando minha mente inquieta me presenteia com estes sonhos, trazendo pra junto de mim pessoas de quem sinto tanta falta...
(Danimfuga)

11 de setembro de 2010

Não deixe o sistema nervoso


"Dorme pequenino e eu te conto um segredo
Quando gente grande quer lutar por seus direitos
Acaba numa cruz ou cozinhando num espeto

As coisas são assim porque nasceram assim mesmo
Pelo amor de Deus menino tenha algum respeito
O povo unido sempre sai ferido de algum jeito

E você insiste que o sistema é cruel e escraviza o
nosso povo
Te cuida meu filho, não deixa o sistema nervoso

Depois nós que somos tolos
Assistindo vocês todos brincarem com fogo e ter que
repetir tudo de novo...
Não deixa o sistema nervoso."


"A gente se acostuma muito fácil às circunstâncias difíceis que às vezes podem ser mudadas.
A gente se adapta demais ao que faz nossos olhos brilharem menos.
A gente camufla a exaustão.
A gente inventa inúmeras maneiras para revestir o coração com isolamento acústico para evitar ouvi-lo. A gente faz de conta que a vida é assim mesmo e ponto.
A gente arrasta bolas de ferro e faz de conta que carrega pétalas só pra não precisar fazer contato com as nossas insatisfações e agir para transformá-las.
A gente carrega tanto peso, no sentimento, um bocado de vezes, porque resiste à mudança o máximo que consegue, até o dia em que a alma, cansada de não ser olhada, encontra o seu jeito de ser vista e de dizer quem é que manda."

(Ana Jácomo)

3 de setembro de 2010

A mente não envelhece


Então, como ontem completei minhas 34 primaveras, fui procurar um texto que desse significado pra este momento da minha vida, e achei um texto "fofo", escrito por um jovem de idade e coração. Talvez eu não seja mais tão jovem em termos de idade, mas meu coração tem a mesma idade que o dele...

"Todos nós envelhecemos, isso é inevitável, e fazemos isso o tempo todo,
ficando um segundo mais idoso a cada instante.
Envelhecer é necessário, mas pode ser bom ou ruim, afinal ganhar experiências é sempre útil. Mas com o tempo muitas pessoas vão ficando “sérias” para serem “adultos”.

Vão amargando, na verdade. Deixam as diversões pra depois, pois têm que trabalhar, estudar, enfim caem numa rotina monótona e triste.
Esses “adultos” esquecem até de amar, e de viver, viver de verdade.
Dificilmente se dão conta do sorisso de uma criança, da graça de uma borboleta, do perfume de uma flor, do doce de uma fruta, não percebem a perfeição, a maravilha e o esplendor da criação de Deus.
Esquecem das alegrias, das brincadeiras de criança, de como o mundo era fantástico.
Perderam todo o espírito revolucionário e aventureiro da juventude, quando todas as utopias eram possíveis.
Por isso tudo, amargam...
Que comigo não seja assim.
Quero ter a sabedoria de um ancião, a maturidade de um adulto, o espírito de um adolescente, e ver o mundo com os olhos de uma criança.
Que assim seja. Amém."


Blog "Mochila do Lipe"

31 de agosto de 2010

Quando a bruma se vai a felicidade aparece


Tantas pessoas hj em dia se debatem tentando encontrar um caminho real pra sua própria felicidade, quando na verdade estão entorpecidas pela nuvem de tristeza e solidão que os envolve, e não permite que vejam a real beleza da vida.
Quando alguém consegue perceber a riqueza de cores que é a vida e o quanto pequenos prazeres podem tornar nosso pequeno mundo feliz e agradável, a vontade que dá é gritar aos quatro ventos a todos que ainda não enxergam tudo isso: ACORDEM, ABRAM A JANELA E APRECIEM O MUNDO LÁ FORA, VIVAM!!!!!!!!!
Mas infelizmente ainda não temos o poder de abrir a cabeça das pessoas e fazê-las perceber que qualquer um nasceu com o dom de ser feliz, basta abrir a mente e PERMITIR-SE!

Isso não quer dizer que não podemos acordar de mau humor algumas vezes, ou então ficarmos irritados ou sem paciência de vez em quando, afinal, ser feliz não é ser um bobo alegre o tempo todo. Ser feliz é sentir satisfação em tudo e em todos, maximizando e somatizando as coisas boas e sabendo minimizar as coisas não tão boas...
EU SOU MUITO FELIZ! E gostaria que todos a quem amo ou admiro também fossem, e gostaria de poder ajudá-los, mas a alguns não consigo...
Para quem quer entender mais sobre isso tudo, assista o filme VERONIKA DECIDE MORRER, que inclusive é baseado num livro de Paulo Coelho. A essência é a história de uma pessoa que tinha tudo mas não era feliz , então teve uma segunda chance e se encontrou na vida, achou a felicidade na possiblidade mais improvável que sua mente poderia vislumbrar. Excelente filme, recomendo!
(Danimfuga)

26 de agosto de 2010


Tem dias em que tudo que se quer é deitar na rede e ver a vida passar. Acalentar belos sonhos,
fechar os olhos e reviver mentalmente tudo de belo e prazeroso
que já presenciamos,
sentir o perfume das flores,
admirar mais a paisagem,
abrir os ouvidos pro sorriso estridente e puro das crianças...

Como se lá fora todo o murmurinho de lamúrias e catástrofes do dia a dia, fosse um distante ruído imensamente abafado pelo som contagiante da FELICIDADE...
(Danimfuga)

19 de agosto de 2010

Dia especial - Cidadão Quem


"Se alguém
Já lhe deu a mão
E não pediu mais nada em troca
Pense bem, pois é um dia especial
Eu sei
Que não é sempre
Que a gente encontra alguém
Que faça bem
E nos leve desse temporal
O amor é maior que tudo
Do que todos até a dor
Se vai
Quando o olhar é natural
Sonhei
que as pessoas eram boas
Em um mundo de amor
Acordei nesse mundo marginal

Mas te vejo e sinto

O brilho desse olhar
Que me acalma
Me traz força pra encarar tudo
Mas te vejo e sinto
O brilho desse olhar
Que me acalma
Me traz força pra encarar tudo

O amor é maior que tudo
Do que todos, até a dor
Se vai quando o olhar é natural
Sonhei que as pessoas eram boas
Em um mundo de amor
E acordei, na terceira Guerra Mundial."

15 de agosto de 2010

Bom humor e inteligência é afrodisíaco


Isto é fato.
Muito mais que um corpo sarado, uma gorda conta bancária ou aquele sex appeal, o que sustenta o interesse no sexo oposto definitivamente vai longe disso tudo, pelo menos a meu ver.
Saber discutir e divagar sobre os mais diversos assuntos, destilando sempre aquela visão crítica com toques de acidez e ironia temperados na medida certa, é algo muito mais interessante de se observar num homem. Muito mais do que vê-lo encher a cara e rir de piadinhas manjadas com os amigos. Ou então ter que fingir ser a expert em futebol, só pra não ficar de fora das comemorações e divagações fervorosas sobre o tema, coisa que a maioria deles tanto venera...
E bom humor nem se fala, essencial ao nosso ideal de cara metade. Saber rir das situações, e encarar as encrencas do dia a dia sem aquela dureza exacerbada, tem o poder de suavizar a relação na medida certa, extraindo sempre o lado bom das circunstâncias que se apresentam.
Tem coisa melhor do que um homem que faz a gente rir???? Mulher precisa disso! Somos estressadas e preocupadas por natureza, e quando encontramos uma pessoa que nos desperta pro lado descontraído e alegre da vida, nossa, é quase como ganhar na loteria. Afinal de contas qual a mulher que quer chegar em casa depois de um dia exaustivo e encontrar uma pessoa ainda mais mau humorada e reclamenta do que ela? Não dá né!!
Tá certo, difícil é encontrar um homem que seja inteligente e bem humorado ao mesmo tempo, na maioria das vezes eles aparecem com apenas um destes atributos. E é óbvio que todo o resto (corpo sarado, gorda conta bancária, sex appeal...) também nunca é demais, com certeza.
Porém, se porventura, você tiver encontrado um que detenha estas duas qualidades supremas e substanciais, minha amiga, agarre-o com unhas e dentes, por que este sim vale a pena, a curto, médio e longuíssimo prazo!
E tenho dito.
(Danimfuga)

13 de agosto de 2010


"Hoje minha felicidade é calma, lúcida e, ao mesmo tempo, pulsante.
Pulso como ela, vivo como ela. E isso tem me feito tão bem.
É interessante descobrir que posso me sentir bem com pouco.
Bastam-me família, amigos, arte, e conversas inteligentes.
Basta-me saber que posso (e devo) ser feliz..."

Interferências nas conexões


Hj me deu vontade de falar sobre uma coisa bem real, que me fez parar pra pensar essa semana, trocando idéias com alguém q eu estava atendendo no trabalho.
Ela sofria de esquizofrenia, uma doença grave que afeta de forma drástica o discernimento da pessoa perante a realidade que a cerca. Geralmente algum trauma, alguma perda ou o uso de drogas pode desencadear o primeiro surto esquizofrênico. É também considerada uma doença hereditária em alguns casos. A pessoa entra num ciclo mentalmente torturante, que envolve alucinações, visões, insônia crônica, mudança de personalidade, pensamentos conturbados e uma enorme confusão entre o real e o imaginário. Já conheci pessoas próximas que se depararam com a doença de forma inesperada, e é algo realmente assustador num primeiro momento.
Mas o ponto onde quero chegar é o fato de que muitas pessoas são doentes e nem sabem disso. Já soube de casos de pessoas que diziam ver coisas irreais, sem conseguir explicar de onde aquilo tudo surgia, e para tentarem entender o que estava se passando, acabavam se deparando com respostas não necessariamente corretas...
Foi exatamente o caso desta mulher. Alguém disse que ela estava "vendo espíritos" e sugeriu que ela tinha mediunidade e deveria desenvolver este "dom"...
Ela não concordou com o dito "diagnóstico", e foi atrás do mais correto: tratamento médico e Deus, sem nenhuma interferência na conexão dela para com Ele...
Hoje ela está muito bem, com a doença controlada através de medicamentos e terapia, e com a mente tranquila voltada a Deus, tendo a plena consciência de que tem um doença incurável q a fará ter algumas limitações, mas que de forma alguma a excluirá da possibilidade de ter uma vida normal dentro de suas possibilidades.
Sem querer entrar muito no mérito das diferentes crenças, uma questão realmente me intrigou: quantas pessoas doentes precisando de tratamento psiquiátrico, estão espalhadas por aí frequentando certas religiões que as fazem acreditar que são médiuns, que recebem espíritos ou seja lá o que for, enquanto na verdade o que estão precisando é de tratamento médico...
É uma questão de química cerebral, pura e simplismente...
Talvez minhas impressões e conclusões sobre este assunto não sejam uma unanimidade, mas esta é a MINHA opinião a respeito...
A mente humana é um infinito universo que ainda não foi totalmente explorado, entendido e utilizado pelo homem.
Isto me fez pensar...
Pense você também.
(Danimfuga)

12 de agosto de 2010


"Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando...
Falei muitas vezes como um palhaço, mas jamais duvidei da sinceridade da platéia que sorria..."

Charles Chaplin

8 de agosto de 2010


"Tenho aprendido com o tempo que quando julgamos falamos mais de nós do que do outro. Que a maledicência acontece quando o coração está com mau hálito. Que o respeito é virtude das almas elegantes. Que a empatia nasce do contato íntimo com as nuances da nossa própria humanidade. Que entre o que o outro diz e o que ouvimos existem pontes ou abismos, construídos ou cavados pela história que é dele e pela história que é nossa. Que o egoísmo fala quando o medo abafa a voz do amor. Que a carência se revela quando a autoestima está machucada. Que a culpa é um veneno corrosivo que geralmente as pessoas não gostam de ingerir sozinhas. Que a sala de aula é a experiência particular e intransferível de cada um."

Ana Jiácomo

7 de agosto de 2010


"Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo. Tenho um sorriso confiante que às vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele. Sou inconstante e talvez imprevisível. Não gosto de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras. Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo. São poucas as pessoas pra quem eu me explico."
(Bob Marley)

"Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo,
eu tiro um arco-íris da cartola. E refaço. Colo. Pinto e bordo.
Porque a força de dentro é maior.
Maior que todo mal que existe no mundo.
Maior que todos os ventos contrários.
É maior porque é do bem.
E nisso, sim, acredito até o fim.”

(Caio Fernando Abreu)

5 de agosto de 2010


"De que são feitos os dias? - De pequenos desejos, vagarosas saudades, silenciosas lembranças. Entre mágoas sombrias, momentâneos lampejos:
vagas felicidades, inatuais esperanças. De loucuras, de crimes, de pecados,
de glórias - do medo que encadeia todas essas mudanças.
Dentro deles vivemos, dentro deles choramos, em duros desenlaces
e em sinistras alianças..."


Memória


"Tão longe, a minha família!
Tão dividida em pedaços!
Um pedaço em cada parte...
Pelas esquinas do tempo, brincam meus irmãos antigos:
uns anjos, outros palhaços...
Seus vultos de labareda rompem-se como
retratos feitos em papel de seda.
Vejo lábios, vejo braços - por um momento persigo-os;
de repente, os mais exatos perdem sua exatidão.
Se falo, nada responde. Depois, tudo vira vento
e nem o meu pensamento pode compreender
por onde passaram nem onde estão."

Cecília Meirelles

Pra você guardei o amor


"Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar."

Nando Reis

3 de agosto de 2010


"Eu preciso muito, muito de você.
Eu quero muito, muito você aqui de vez em quando nem que seja,
muito de vez em quando.
Você nem precisa trazer maçãs, nem perguntar se estou melhor.
Você não precisa trazer nada, só você mesmo.
Você nem precisa dizer alguma coisa no telefone.
Basta ligar e eu fico ouvindo o seu silêncio.
Juro como não peço mais que o seu silêncio do outro lado da linha
ou do outro lado da porta ou do outro lado do muro.
Mas eu preciso muito, muito de você."

Caio Fernando Abreu

31 de julho de 2010

"Te desejo uma fé enorme, não importa o quê, como aquela fé que a gente teve um dia,me deseja também uma coisa bem bonita, uma coisa qualquer maravilhosa,que me faça acreditar em tudo de novo, que nos faça acreditar em tudo outra vez."Caio Fernando Abreu

Vamos colocar as pedras no chão???


Por que será que a maioria dos escritores ou grandes pensadores são sempre meio doidos???
Não há mesmo como ser sensato diante da plenitude e claridade de idéias e pensamentos perante tudo o que se apresenta a nossa volta. É muita informação, é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo agora!!! É muita coisa pra pensar, pra falar, pra ser, pra fazer e desfazer.
Por falta de tempo não consigo me aprofundar no imenso universo destes pensadores insanos, mas ontem conheci uma dessas figuras caleidoscópicas em duas entrevistas que vi na TV: FABRÍCIO CARPINEJAR!
O cara é muito doidooooooo, mas doido no melhor sentido da palavra, porque as idéias e questionamentos dele são absolutamente verdadeiros e instigantes. Eu já tinha ouvido falar, e lido algumas coisas dele, mas ver aquela figura sureal despejando aquelas idéias alucinadas e ao mesmo tempo tão cheias de razão, foi absolutamente encantador!
Olha a frase do blog dele entenda o que eu quero dizer: "Não me deixe viver o que posso. Que me seja permitido desaprender os limites." Perfeitoooo!!!
Mas então, em meio as suas divagações com o encantado entrevistador, amei uma que ele levantou. Ele disse se achar um homem pré-histórico. Sim, por que ele é do tempo em que se usava a máquina de escrever, depois a máquina de escrever elétrica, o primeiro computador e por aí vai. Ele disse ser do tempo em que andava com o bolso cheio de fichas pra usar no orelhão da esquina, por que ter telefone em casa era muito caro. E hoje em dia é tudo tão imediato e fácil de se resolver!
Pensou, pegou o celular, falou. Pensou, pegou o celular, mandou o torpedo. Pensou, mandou o email. E aí as pedras vão sendo jogadas a toda hora, sem ter tempo pra pensar antes. Ele disse que tem saudade do orelhão, por que ficava na fila esperando pra brigar com a namorada, e quando via quem estava na frente discutindo por motivos tão toscos ao telefone, ele desistia de ligar pra brigar e "colocava a pedra no chão". Não é genial?? "O cara mais esperto é aquele que saber pegar a pedra pra atirar em alguém, mas a coloca de volta no chão!" Não lembro bem os termos que ele usou, mas foi exatamente isto que ele quis dizer. Pronto, virei fã do cara!!!!
É isso aí, vamos colocar as pedras no chão de vez em quando, por que na maioria das vezes não vale a pena.
Bjsssss!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe sempre boas marcas



A base de tudo que somos vem de nossas vivências com o outro, principalmente família e amizades. Mas não só elas. Aprendemos todos os dias com as pessoas que nos cercam, a partir do momento em que nos permitimos OUVIR.
Por isso gosto tanto de trabalhar com gente. Tantas experiências, tantas histórias pra contar, conversar com uma pessoa pode ser algo tão enriquecedor, um alimento para a alma e para a mente.
Por que hoje em dias a maioria das pessoas acha que sabe tudo, tudo o que precisa pra viver. Muitas vezes pode achar que por ter um diploma e ler muitos livros, esta pessoa já é dona da sua própria e absoluta sabedoria, mas pra mim sabe quem é o maior sábio? Aquele que viveu!!!
O velhinho sentado na varanda, que viu e ouviu tanta coisa, ou simplesmente aquele ser observador, aquela pessoa que tanto pode ter passado a vida atrás de um balcão, como atrás de uma mesa de consultório, tendo contato ativo com pessoas, de carne e osso, e sabendo perceber a riqueza de aprendizado que existe por trás de todo este rico contato entre seres humanos.
Quem faz parte da nossa história e de todo o nosso conhecimento sobre a vida são as pessoas com quem convivemos.
São elas que nos trazem todo o prazer de viver plenamente e aprender sempre.
Sem elas nada tem sentido. Pois quanto mais procuramos o outro e o valorizamos, mais felizes nos tornamos.
Aquele que vive cheio de si, achando-se auto suficiente e dono de toda a verdade, este já não vive, pois não existe vida sem o outro.
Afinal de contas qual a graça em ser médico sem o prazer e a satisfação de perceber que salvou uma vida e trouxe a alegria de viver de volta a alguém, que graça teria ser um famoso chef de cozinha sem o prazer de constatar que seus saborosos pratos encantaram alguém, qual seria a graça de ser um grande escritor, sem o prazer de saber que seus textos fizeram alguém parar pra pensar e se tornar uma pessoa melhor, que graça teria em ser um professor e não sentir prazer ao ver uma criança lendo pela primeira vez com a sua ajuda?
É na realização e satisfação do outro que também encontramos a nossa própria felicidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
São as pessoas que nos cercam que nos fazem lembrar que estamos vivos, e de que a vida vale a pena!
Todo o esforço, dedicação e suor só tem real valor quando percebemos que alguém foi beneficiado com isto de alguma forma.
E se você olhar pra trás e perceber que em algum momento fez a diferença na vida de alguém, então você pode se considerar uma pessoa feliz e realizada!!
Nós somos simplesmente o resultado de nossas vivências, e quando formos embora deste mundo, é apenas este o legado e a lembrança que deixaremos para os que ficam, A MARCA QUE DEIXAMOS NO OUTRO!!!
Portanto, viva sempre procurando deixar boas marcas nas pessoas que te rodeiam, esta é a maior e mais importante herança que você pode perpetuar!!!

23 de julho de 2010

Esperar demais das pessoas


Eu nunca vou conseguir entender porque as pessoas sempre nos desapontam. Na teoria é fácil, por que sabemos que nunca devemos esperar demais dos outros, mas pra uma pessoa que sente ser verdadeira e intensa sempre, principalmente com aqueles pelas quais ela se interessa, fica difícil de aceitar esta dura realidade.
O ser humano realmente é muito egoísta, por que na maioria das vezes tira proveito do outro quando este tem a oferecer aquilo que lhe convém, e depois disso o descarta, ou simplismente o despreza por um determinado tempo, como se o os outros fossem meras peças de xadrez, que vão sendo movidas conforme a necessidade se apresenta. Mesquinharia é pouco pra isso.
Se temos uma pessoa que de alguma forma foi ou é importante pra nós, não devemos jogá-la de um lado pro outro conforme nossas necessidades, e muito menos virar as costas pra elas quando são elas que precisam de nós.
Seres humanos não são descartáveis, precisam ser valorizados em suas boas atitudes sempre, do contrário é muito provável que quando vc "precise" delas novamente, simplismente não encontre mais a muleta.
E aí não irá adiantar chorar sobre o leite derramado, nem querer voltar atrás e refazer as atitudes descabidas. É preciso saber reconhecer e valorizar a importância do outro em sua vida, seja nas amizades, no trabalho, no amor ou na família, SEMPRE.
Do contrário, certamente um dia a solidão, a amargura e a tristeza irão bater à sua porta, por que você irá olhar pro lado e poderá não encontrar niguém pra te abraçar, pra te escutar, pra rir com vc ou simplismente ficar do seu lado em silêncio.
Ninguém é tão auto suficiente que não precise do outro, portanto menosprezar alguém que te considera, é virar o gatilho para si mesmo, por que um dia este desprezo poderá se voltar contra vc, e toda a falta de consideração sua, poderá transformar-se num imenso vazio interior.
Pense nisso, e valorize quem merece!!!

2 de julho de 2010

Amor que não cabe no peito: ISABELLA!!!!!!!!!

Hj vou postar porque amanhã, no grande dia, estarei bem longe da Internet, pois estaremos comemorando os 4 anos de vida da razão do meu viver, do amor da minha vida, minha filha fofa e amada ISABELLA!!!!!!!!!!!!
Quanta alegria nesses 4 anos!!!! Cada nova descoberta dela me deixa embriagada de felicidade, fico boba ao olhar pra aquele rostinho bochechudo e sorridente, seus cachinhos esvoaçantes, o cheirinho dela... Tudo nela me apaixona!!
Como eu disse uma vez, ela tem o dom de tornar os meus dias mais felizes e tirar toda e qualquer tristeza do meu coração!
Quando olho pra ela, é como se todos os problemas e preocupações não mais existissem, ou pelo menos desaparecessem por alguns instantes.
As vezes o cansaço é tão grande, tantos afazeres, mas no meio do caos sempre consigo parar e contemplar esta pequena obra de Deus em minha vida, e agradeço todos os dias por Ele ter me dado ela de presente, este presente tão precioso e desejado.
Uma mãe falar de um filho é isto: encantamento, felicidade, alegria, satisfação, orgulho, carinho exagerado, amor que não cabe no peito!
Feliz aniversário minha filhinha amada, minha pequena Isabella!
Que Deus continue te protegendo e te guiando pelo caminho do bem, da paz, da saúde e da felicidade!
TE AMO DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

27 de junho de 2010

Em casa



"O lugar onde eu mais aprecio estar é o vasto e arejado jardim do coração tranquilo.

Nele, não sinto necessidade de entender coisa alguma.

Não pergunto nada e nem preciso responder. O falatório desgastante, geralmente improdutivo, dos pensamentos abre espaço para o sorriso bom da paz.

Nele, os problemas todos continuam a existir, as pendências, as dores, os embaraços, mas assim mesmo eu descanso. As coisas são como podem ser e eu não tento interromper o fluxo da vida.
Não espero nada, porque tudo o que mais importa já está ali, não há felicidade mais pura do que essa que não depende de nenhuma motivação externa para cantar.

Nele, eu me sinto em casa de novo, relembro a textura suave da nossa verdadeira natureza, perene e inalterável, ainda que nos afastemos muito dela e raramente consigamos estar no seu abraço.

Por mais que eu a esqueça pouco tempo depois, e sempre a esqueço nos rodamoinhos emocionais do cotidiano, nunca saio com as mãos vazias: trago de lá algumas mudas de sol que, mesmo quando eu não percebo, me ajudam a clarear os trechos de breu do caminho."


(Ana Jácomo)