Total de visualizações de página

24 de dezembro de 2012


"Vamos parar com isso. Vamos parar com a fofoca, com a maldade. Vamos nos preocupar com nossas próprias vidas ao invés de meter o bedelho na vida do outro sem ser convidado. Vamos dar importância ao que realmente tem importância. Vamos buscar a paz no trabalho. E se o trabalho vai ruim, troca. Não é complicado, não. Eu troquei. Ganho menos hoje? Sim. Mas ganho mais satisfação, alegria, tranqüilidade. E isso vale um dinheirão. Vamos fazer as pazes com nossos fantasmas. Vamos perdoar. Vamos deixar pra lá aquela história pequena. Vamos começar uma grande história. Vamos visitar aquela tia que mora longe. Vamos limpar as gavetas e as bagunças. Vamos dar lugar para o novo. Vamos parar de sofrer por quem não merece. Vamos entender que ninguém merece o nosso sofrimento. Vamos aceitar que quando alguém te quer não existe barreira que impeça. Vamos sorrir para o ciclo que a vida tem. Vamos, finalmente, buscar a serenidade necessária para viver bem."

Clarissa Corrêa

10 de dezembro de 2012

‎"Não adianta ser boa sempre, entender sempre, relevar sempre e ser legal sempre...
 O tempo passa, as pessoas se aproveitam de você e você sempre se magoa. Tem hora que é melhor abaixar a cabeça, chorar sozinha e guardar tudo lá dentro, no peito, no fundo. Mas existem momentos que a melhor coisa é falar mesmo, ser grossa mesmo, falar o que pensa sem ter que pensar muito. A vida cansa de vez em quando. O tempo machuca por que a saudade cresce, e quanto mais passam os dias, quanto mais você corre, quanto mais você tentar acertar, algumas coisas não dão certo. Não dão, por que não tem que dar. 
E a gente tem que continuar acreditando, sorrindo, tentando dizer a verdade, mas sempre mentindo de alguma forma. E graças a Deus vamos aprendendo que é preciso empurrar alguns momentos com a barriga, que basicamente confiança só se quebra quando não há respeito, que reconquistar é necessário todos os dias, que uma palavra errada pode acabar com tudo, que uma escolha pode decidir seu futuro, que amigos não nos deixam cair e muito menos nos fazem cair. 
A vida tem dessas coisas..."
(Autor desconhecido)

5 de dezembro de 2012

"Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantador de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo. Dentro dela tem um coração, que é sempre capaz de amar e acreditar! Ela tem um gosto doce de menina romântica e aquele doce ácido de mulher moderna! Ela é simples assim!""
 ( Caio Fernando Abreu )

27 de novembro de 2012


"Doçura é a maestria dos sentidos...
Olhos que vêem o fundo das coisas,
Ouvidos que escutam o coração das coisas, 
Boca que fala a essência das coisas. 
Doçura é o resultado de uma longa jornada interior 
ao âmago da vida e a habilidade de l
á descansar e assistir.
O que é realmente Doce nunca pode ser vítima do tempo,
porque doçura é a qualidade da pessoa cuja vida
tocou a eternidade."

Brahma Kumaris

19 de novembro de 2012


"Dia com gosto de chinelo de dedo, momentos com cara de casa de vó (mesmo sem ela aqui), passeio com jeito de infância, papo no sábado com aroma de conversa no portão. a vida tem dessas coisas: resgata felicidades escondidas na nossa memória e coloca na roda outra vez. pode ser com outra cara, outra hora, outrora foi assim. simples assim..."

Fernanda Gaona

18 de novembro de 2012

'Tem gente que me fala que eu vivo no mundo da lua e vivo de frases feitas. Sabe o que eu tenho a dizer pra eles? Vivo mesmo! Os lindos poemas e as frases feitas servem pra nos fazer refletir, melhorar e tem que ser muito pequeno pra não perceber isso. Se emocionar ao ouvir uma música que remete a um acontecimento marcante. Uma frase que quando você lê, fala: "Foi escrita pra mim!" Sensibilidade em perceber o que acontece ao redor, não só se focalizar, como se você fosse o centro do Universo. O mundo gira e acontece muita coisa ao mesmo tempo... Quem fica só pensando em si mesmo, não vive, não cresce, não amadurece, não aprende. Pode-se ter 100 anos e não ter aprendido nada! Idade não significa que alguém é maduro. Ligue as anteninhas pra perceber! Acorda! Antes que seja tarde e você descubra que perdeu um tempo precioso...'

Ju Moreira

17 de novembro de 2012

"Exalto o riso, o sossego, a reciprocidade, o colorido, o peito aberto. 

Dispenso os medos, as metades, o vazio, a insegurança."

9 de novembro de 2012


Näo julgues pra näo ser julgado. Näo seja raso, leviano nem prepotente. Näo tome as atitudes alheias pelos seus próprios conceitos, pessoas säo diferentes e muitas vezes a sua verdade näo precisa necessariamente ser única e intransponível.
Respeite as diferenças, no sentido mais amplo que isso represente.
Reconheça seus erros, peça perdäo quando for necessário.
Reveja seus conceitos, muitas vezes basta pensar mais profundamente, questionar-se, ou pesquisar outros caminhos para ver que no fundo näo se sabe tudo e muitas vezes nossas teorias podem estar bem equivocadas.
Invista no altruísmo e na compaixäo, principalmente com aqueles que estäo próximos e muitas vezes precisam apenas de um pouco de consideraçäo, seja ela qual for.
Saiba separar o joio do trigo. Dedique seu tempo e energia aqueles que realmente mereçam. No fundo sua consciëncia sempre sabe a realidade dos fatos e consegue diferenciar claramente uma coisa da outra.
Seja justo. Näo use sua boca para maldizer aquele a quem vocë desgosta, sem muitas vezes nem saber direito o porque. Edifique suas palavras e verá que tudo o que vocë receber será mais positivo e agradável em todos os sentidos.
Näo finja! Se está triste, fique triste, se está alegre, fique alegre, se näo concorda, discorde, se näo gostou, fale, se quer comer, coma, se quer sair, saia, se quer dormir, durma. Porém, sem nunca perder a gentileza e a serenidade. A vida näo é uma peça de teatro aonde temos que representar um papel para sermos aceitos ou admirados de alguma forma pelos outros. Autenticidade é algo täo mais digno. Mas podemos fazer tudo isso sem que tenhamos que atingir outras pessoas que nada tem a ver com as nossas fraquezas e imperfeiçöes.
E por fim, se ame mais. Pois só quem se ama de verdade consegue emanar atitudes, energia e pensamentos que sejam positivos e agradáveis o suficiente para que sua presença seja sempre desejada e para que sua falta seja sempre sentida.
(Danimfuga)

25 de outubro de 2012


“Vai devagar… Pensa duas, três, quatro, quantas vezes forem necessárias pra não fazer bobagem. Cuida do teu coração, cuidado com quem você deixa entrar. Espera o tempo passar. Acredita menos… 
As pessoas não são tão legais quanto aparentam ser. Quem acredita menos, sofre na mesma proporção. Até quando você achar que é verdade, desconfie um pouquinho. Faz bem não se entregar t
otalmente logo de cara. Se arrisca mais, por você. Tenha coragem para dizer tudo que tens aí guardado. 
Seja forte para conseguir se manter calada perante alguns. Muda de rumo. Quando te mandarem ir por lá, vai pelo outro caminho. Ou vai apenas, pelo caminho do teu coração. Se você não aguentar mais fingir… Chore. Depois que você acabar de chorar, vai sentir-se mais leve. E então vai levantar a cabeça, lavar o rosto, pôr uma roupa bonita no corpo, um sorriso escandalosamente lindo no rosto e dizer que chega, que você vai é ser feliz. Eu sei, é assim mesmo. E vai funcionar! Não diga “nunca”, nunca. Irônico, não? Mas não diga. 
Porque essa vida é incrivelmente engraçada. 
Mais uma coisa. Você não pode ter medo que as pessoas te machuquem, viu. Porque as pessoas vão te machucar de vez em quando, até mesmo aqueles que você mais confia e admira. Não vão fazer por mal, mas somente porque são humanos. Cometemos erros ridículos com pessoas maravilhosas. Faz parte. Não esquece que cada um é cada um. Somos diferentes. Graças a Deus, somos. 
Vive um dia por vez, sem pressa e sem querer ser mais rápida que o tempo. E por favor, vai ser feliz, 
que tu ainda tem muito por viver.”

Caio Fernando de Abreu

24 de outubro de 2012

''Mais vale um minuto de vida franca e sincera do que cem anos de hipocrisia. 
Você não precisa provar seus valores pra ninguém. 
Afinal de contas, a melhor terapia para os sinceros é fazer dos hipócritas eternos ignorados.''

"Desapaixonar-se dos medos.
Dos nãos que secam a alegria de viver.
Alimentar-se de memórias deliciosas e conversas entre você e suas saudades.
Dessas que ninguém pode tirá-las de ti.
Apaixonar-se por um sorriso. Por alguém. Por uma ideia louca
que você pode ser na vida de alguém. Apaixonar-se por você.
Descobrimos com o tempo que as palavras mais comuns
são as mais deliciosas de serem ouvidas.
Às vezes dificílimas de serem ditas.
Descobrimos com o tempo que afinal pouco é muito."


Vanessa Leonardi

23 de outubro de 2012


‎"Só queria conversar com alguém que não se esqueceu do silêncio. Meu Universo entulhado de palavras: estes tropeços em tantas mudanças bruscas, intermitentes... Todos sabem meu endereço, opinam sobre as cores das minhas cortinas, mas não perguntam se eu preciso de uma xícara de açúcar enquanto bebo este café amargo e quente...

Hoje eu sei apenas o suficiente: que estou sem pontuações definidas." 
(Marla de Queiroz)

22 de outubro de 2012


"A oração do dia é: Quero levezas. Quero verdades. Não quero nada que acovarde, nem cortinas que escondam. Quero laços fortes, com conexão além do parentesco. Quero possibilidades. Combinações infinitas. E um colo pra descanso, quando o sol for embora."

_Erica de Paula_

"Comer devagar. Se arrumar ouvindo música. Cantar.
Dançar sem cansar. Beijar com vontade. Abraçar apertado. Amar a noite inteira. 
Ler um livro. Copiar na agenda as frases mais lindas.
Não esquecer datas importantes. Distribuir sorrisos. Poetizar. Poder lembrar dos bons momentos sem que doa. Nostalgia. Oração. Sem demagogia. Viver o que diz. 
Falar o que condiz.
Torcer pela felicidade daqueles que amamos. E aceitar a felicidade daqueles que nos fizeram mal. Ser feliz. Por dentr
o. Sem precisar provar nada a ninguém.
Perdoar. Pedir perdão. Esquecer. Lembrar pra sempre.
Bem-querer. Perder algumas horas com futilidades. Saber separar quem vale a pena de quem nunca valeu um minuto da sua vida.
Amar e se deixar ser amada. Se amar, mesmo sem um amor. Viver o hoje. Acreditar no amanhã. Sorrir com o ontem. Ser transparente. E aceitar o que é. Tentar corrigir os defeitos. 
E se orgulhar das qualidades. Elogiar quem merece. Aceitar elogios. 
Sorrir todos os dias. Chorar quando sentir vontade.
Tirar da vida as melhores coisas que ela oferecer. Aprender com as piores. 
E ser. Na essência. Na verdade. No olhar que fala. De alma tranquila e coração aberto.
E de consciência sempre em paz."

_Karla Tabalipa_
“A gente nota que respirar vale a pena quando surpresas que estavam à espreita se revelam em esquinas, ou acontecimentos responsáveis por uma breve disritmia cardíaca saltam aos olhos como o farol de um pesqueiro na escuridão do mar.”
Gabito Nunes

20 de outubro de 2012


"É como a música preferida. Não lamento não tê-la composto, não lamento que não seja minha. Mas fico feliz que ela exista e diga exatamente como me sinto. É assim também com os textos ou as frases de outros que dizem exatamente o que eu queria dizer, pois na verdade aquilo que concordo diz muito sobre o que sou." 

Ju Moreira

''Meu coração é um entardecer de verão, numa cidadezinha à beira-mar. 
A brisa sopra..."


Caio Fernando Abreu

Corinne Bailey Rae - Put Your Records On



"Chega uma hora em que você entende que o que as pessoas falam é só o que elas falam. E não o que você é. Não atinge, não incomoda, não ofende. 
Porque você só se culpa se sua consciência permitir.
...E se ela está tranquila, qualquer tipo de ataque alheio é o mesmo que nada. 
Aí você aprende que cada um oferece o que tem. E
 você pára de revidar, de se preocupar, de se abalar com julgamento de quem vive de mal com a vida. 
Você percebe que atrai o que transmite, e passa a usar seu tempo só com quem te faz bem. E aí fica em paz. Porque a gente ganha uma briga quando ‘foge’ dela." 
“Dar ouvidos para a maldade é prolongar o mal.” 

(Karla Tabalipa)

17 de outubro de 2012


"Se a gente vibra a energia certa, um dia o universo tem que devolver. Tem gente que chama isso de loucura, mas eu chamo isso é de fé. Fé de que as coisas melhoram. Fé de que se a gente faz a nossa parte o universo retribui de alguma forma."


Elenita Rodrigues

15 de outubro de 2012


‎"Nós nunca descobriremos o que vem depois da escolha, se não tomarmos uma decisão. Por isso, entenda os seus medos, mas jamais deixe que eles sufoquem os seus sonhos."


(Alice no País das Maravilhas)
"E a sabedoria recomenda que falemos menos, que batamos menos o martelo e que sejamos menos enfáticos, pois todos estão certos e todos estão errados em algum aspecto da análise. É o triunfo da dúvida."

Martha Medeiros

14 de outubro de 2012


"...Há somente dois tipos de pessoas. As pessoas macias e as pessoas duras.
As pessoas macias não são gordas. Não é isso. Podem ser magras. A maciez é um traço de personalidade. Gente doce, afetiva, abraça com calma, escuta com interesse.A maciez é um estado de ternura. A pele recebe, os olhos recebem, há uma tranquilidade calorosa, uma vontade de permanecer falando à toa. Maciez é uma generosidad
e natural. A pessoa macia é ótima para dar colo, e guardar confidências.
Você está triste e a pessoa macia logo nos cuida.Você está feliz e a pessoa macia aumenta nossa felicidade. A pessoa macia canta suas músicas prediletas no box. Brinca com crianças. Para a elogiar os cachorros na rua. Demora a sair da mesa. Gosta do seu trabalho e não reclama mesmo quando está doente.
Já a pessoa dura é inflexível, teimosa, orgulhosa. Logo que nos aproximamos e ela já solicita espaço, evita o maior contato. Ela não abraça, mas esbarra. Bate nas tuas costas como se fosse porta. Não beija as bochechas, beija o ar. Está sempre falando mal de alguém ou de si mesma. A pessoa dura é de madeira, de ferro. Não se emociona. Não ri. Não fica muito tempo casada com ninguém. Ela se diz independente, mas é fóbica de intimidade. Não suporta bebês, odeia a família dos outros, sexo é apenas ginástica. A pessoa dura é fácil de identificar. Você fica pesada depois que a encontra. Você se sente mal. Explorada. Esgotada. Você parece que perdeu sua alma depois de conversar com ela."
- Carpinejar

6 de outubro de 2012


"Celebro a ação de não competir com ninguém, pois tenho tudo o que preciso e saber que o que tenho foi conquistado por mim. Celebro, diariamente, a ação de ter criatividade - de criar atividades que me tirem da estagnação espiritual, emocional, pessoal. Celebro a ação de renovar meus valores para que eles sejam justos. Celebro a ação de não ocupar meu coração com desesperança e preconceitos ou coi
sas que aprisionem minha alma na limitAÇÃO. Celebro a ação de me importar primeiro com as pessoas, depois com as coisas. Celebro a ação de ser profunda nos meus devaneios, celebro a ação de ser superficial em alguns desejos e poder me permitir ou rir deles. Celebro a ação de mudar de ideia, de certeza, de narrativa, de estado de espírito, de aparência, de preferências, de vida! 
CelebrAÇÃO não é lamentAÇÃO, por isso, celebro!" 

[Marla de Queiroz]

"Escolhi viver a vida desconsiderando os domingos, a preguiça, a inércia. Meu calendário é feito apenas de sexta feira. Gosto de dançar, de cantar e de bajular a fúria dos meus desafetos. Quando aproveito a luz do dia aproveito para respirar. E logo começam as novas colheitas que hão de me alimentar. Faço o que quero, o que gosto e o que é preciso. Sua maldição não ecoa no meu espírito. Por isso é que você nunca me encontra no mesmo lugar. Estou constantemente vivendo e fazendo meu caminho. É inútil tentar me explicar. Escolhi viver a vida, não apenas sobreviver. E você?"

[Tico Santa Cruz]

4 de outubro de 2012

 "A juventude não é um período de vida, mas um estado de espírito, um efeito da vontade, uma característica da imaginação, uma vitória da coragem sobre a timidez, do gosto pela aventura sobre o apego ao comodismo. Não envelhecemos porque vivemos um determinado numero de anos, envelhecemos quando abandonamos um ideal. Se os anos enrugam o rosto, a perda do ideal enruga a alma. A juventude se mede pela capacidade de ter fé e confiança em si mesmo, pela força da esperança. A velhice de uma pessoa corresponde ao tamanho do seu desânimo."
Douglas MacArthur

"Sua visão se tornará mais clara somente quando você olhar para dentro do seu coração. Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, acorda."

Carl Jung 

"Afaste-se dos ambientes mal-sãos.
Evite as pessoas mal intencionadas.
No entanto, se sua presença puder melhorar, 
sem que com isto sofra
sua alma, leve sua virtude mesmo ao antro do vício.
Mas faça como o sol, que ilumina 
e saneia o pântano, sem que seu
raio de luz e calor dali se afaste enlameado e fétido.
Seja você o espelho vivo de sua FÉ."

"Abra a janela do teu coração e deixe a alma arejar!
Sabe aquele cheiro de mofo de sonhos que envelheceu e você nem se deu conta?
Deixe que o vento leve para longe ...
Deixe a luz inundar tudo, apagar as marcas das decepções, as tristezas das derrotas e da mania de sofrer por sofrer e acima de tudo, permita que o sol derreta o gelo da solidão.
Apaixone-se por um sorriso e sorria junto, ilumine as janelinhas dos olhos ...
Ame a pessoa que o espelho reflete todas as manhãs.
Faça florescer todos os campos que sua vista alcança.
Vá além, muito além ...
Abra a janela da vida e seja pleno em cada coisa ainda que pareça pequena.
Viva com a espontaneidade de uma criança.
Debruce na janela e não olhe a vida passar através dela ...
Viva!"

(Lady Foppa)

"Sou adepto aos abraços demorados, sonhos realizados, amor incondicional, tardes de sol, 
alegria sem razão, brisa do mar, noites de luar. 
Estou do lado de quem ama, de quem busca reacender todos os dias essa chama, de quem sorri para o mundo, de quem diz sim para vida e celebra o simples fato de ser exatamente quem se é."

Erick Tozzo

"Uma paixão aqui, um quase-amor ali. Ainda bem que existem amigos para amar, abraçar, sorrir, cantar, chorar e tirar fotos bonitas. E a vida segue. Feliz! Sua imaginação te preenche, seus amigos te dão colo e dias incríveis."


Martha Medeiros 

27 de setembro de 2012


‎"Nossa impaciência, nossa pressa à vida pelo resultado das coisas do jeito que queremos, no tempo que queremos, geralmente altera o sábio fluxo do tempo da vida e o desdobramento costuma não ser lá muito agradável. Não é raro, nós o atribuímos à má sorte, ao carma, ao mau-olhado. Não é raro, culpamos Deus, os outros, os astros, os antepassados. Não é raro, é claro, nós ainda nos achamos cobertos de razão.

É fácil lidar com isso? Não é não. Nem um pouco. Esse é um dos capítulos mais difíceis do livro-texto e do caderno de exercícios: o aprendizado do respeito ao sábio tempo das coisas."




(Ana Jácomo)

26 de setembro de 2012


"Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura."


(Padre Fabio de Melo)

"Às vezes, enxergo tão profundamente a vida que, de repente, olho ao redor e vejo que ninguém me acompanhou que meu único companheiro é o tempo."


(Nietzsche)

“Todo guerreiro já ficou com medo de entrar em combate.

Todo guerreiro já perdeu a fé no futuro.
Todo guerreiro já trilhou um caminho que não era dele.
Todo guerreiro já sofreu por bobagens.
Todo guerreiro já achou que não era guerreiro.

Todo guerreiro já falhou em suas obrigações.
Todo guerreiro já disse "SIM" quando queria dizer "NÃO".
Todo guerreiro já feriu alguém que amava.
Por isso é um guerreiro; porque passou por estes desafios, e não perdeu a esperança de ser melhor do que era.” 


(Paulo Coelho)

25 de setembro de 2012


"Deus é do bem! Criou uma vida que se renova a cada 24 horas e nos presenteia com a oportunidade de sermos melhores, de fazermos mais por nós - e por todos aqueles que habitam nossos corações."

[André Toledo]

24 de setembro de 2012

"No meio da nossa bagunça diária, dos nossos diálogos malucos e idéias geniais, minha filha em meio a uma gargalhada diz - "mãe você não cresceu". Se ser gente grande é abafar o riso em público, é deixar de falar o que pensa por não ser o momento adequado, é deixar de brigar pelo último pedaço, lamento mas eu não cresci. Gente grande é muito limitada. Ser feliz por nada, aos olhos deles é coisa de gente boba. Eu sobrevivo de bobagens. Não cresci realmente, acho que minhas idéias é que ficaram altas, minha aquarela mais colorida e meus dedos ainda mais lambuzados de sonhos." 
(Renata Fagundes)
"Liga não, as pessoas são assim mesmo. Umas são o que são, outras fingem que são, algumas pensam que são, tem as que querem ser, as que não conseguem ser, as que precisam ser, as que cansaram de ser e as que vão ser… E tem muito mais, acredito. Mas a melhor de todas elas, são as que são e ainda nos fazem ser." 
(Diego Nunes)

18 de setembro de 2012


"...E eu brindo o que é recíproco mesmo que não seja idílico. Tenho plena consciência de que na diferença que o outro me traz é que aprendo, mas que venha com transparência. Eu prezo pessoas de verdade, estas me são caras. Os fakes eu respeito e deixo que sigam. Não há problema nenhum em nada e ninguém, desde que eu saiba que sobre a minha vida, a mim me cabem as escolhas..."

|Marla de Queiroz|

14 de setembro de 2012

"Sopro de energia, dose de guaraná em pó, beijo na boca...de agora em diante, a partir deste ano, fica decretado que todo mês de Julho - mas pode ser junho, agosto, pode ser sempre - quando as almas andarem escuras e as pessoas não se amarem mais, haverá dez ou quinze dias de sol (dependendo do peso da barra a ser aliviado) e luz para que todos enlouqueçam um pouco de prazer. Se possível, que esses dias coincidam com a lua cheia, e se possível ainda, em trânsito por signos doces como Câncer, musicais como Libra, afetuosos como Touro ou divertidos como Sagitário. Nesse período, ficam intimados os humanos a interromper as dores, a esquecer as mágoas, a adiar as dívidas, a perdoar os outros. Ficam intimados os humanos a se tornar suaves, a cantarolar quaisquer canções, mesmo as tolas...
Fica autorizado aos humanos, relaxar um pouco nas suas obrigações. A se permitir ser mais complacente com os outro
s e consigo próprio. Certa preguiça fica autorizada, mas não a ponto de o sono ultrapassar as manhãs, porque grandes energias estarão concentradas nos primeiros raios de sol. Abusar um pouco de cerveja ou de vinho é permitido. E dos sorvetes, dos morangos com chantilli. Aconselhável ver e rever qualquer filme do Woody Allen, e tudo, tudo o que for mais dia que noite, mais açúcar que sal, mais azul clarinho, que roxo ou preto.
Permitidas as paixões devastadoras, os suspiros amorosos, permitidos os amassos, as cantadas, as paqueras e todas as suas consequências - desde que gostosas. Aconselhável vadiar pelas praças, respirar o cheiro de pipoca das esquinas, olhar vitrines, acreditar em Deus, sorrir para desconhecidos, dar interurbanos repentinos, andar de bicicleta, pular corda, girar o bambolê. Tudo isso e muito mais será permitido e recomendável nesses dias em que palavras como crise, inflação e recessão serão sumariamente riscadas dos dicionários.
Será assim, de agora em diante. Que fique registrado em ata. Que se cumpra, que dure fora e dentro de cada um. Amém."

Caio F. em 22/07/1987
"...É pelas atitudes que decido quem fica e quem vai embora da minha vida. É pelas atitudes que decido quem entra na minha casa e quem fica do lado de fora. É pelas atitudes que decido quem pode me conhecer bem do fundo e quem jamais me conhecerá, nem mesmo de beirinha. É pelas atitudes que conheço as pessoas. E por isso, às vezes tenho medo, tenho pena! É pelas atitudes que tomo susto, que surto, que me emociono e que também me balanço de raiva às vezes. É assim que decido quem quero e o que quero para mim. É basicamente assim que guardo no peito poucos. Palavras não me prendem. Atitude sim!..."

(Iandê Albuquerque)

29 de agosto de 2012



"Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam mais do que falam.
E quando falam, passam longe da fofoca, das maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-las nas pessoas que não usam um tom superior de voz.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
É elegante não ficar espaçoso demais.
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
Sobrenome, jóias, e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.
Educação enferruja por falta de uso."
(Martha Medeiros)

27 de agosto de 2012


"Aí você aprende que cada um oferece o que tem. E você para de revidar, de se preocupar, de se abalar com julgamento de quem vive de mal com a vida. 
Você percebe que atrai o que transmite, e passa a usar seu tempo só com quem te faz bem. 
E aí, fica em paz."


[Karla Tabalipa]


"Tenho aprendido com o tempo que a felicidade vibra na frequência das coisas mais simples. Que o que amacia a vida, acende o riso, convida a alma pra brincar, são essas imensas coisas pequeninas bordadas com fios de luz no tecido áspero do cotidiano. Como o toque bom do sol quando pousa na pele. O café da manhã com pão quentinho e sonho compartilhado. 


A lua quando o olhar é grande. A doçura
 contente de um cafuné sem pressa. Os instantes em que repousamos os olhos em olhos amados. O poema que parece que fomos nós que escrevemos.


A força da areia molhada sob os pés descalços. O sono relaxado que põe tudo pra dormir. A presença da intimidade legítima. A música que nos faz subir de oitava. A delicadeza desenhada de improviso. O banho bom que reinventa o corpo. O cheiro de terra. O cheiro de chuva. O cheiro de quem se gosta. O acorde daquela risada que acorda tudo na gente. Essas coisas. Outras coisas. Todas, simples assim." 


(Ana Jácomo)

24 de agosto de 2012


"Sabedoria de vida é usufruir o presente não permitir a manifestação de grande júbilo ou grande lamento em relação a qualquer acontecimento, uma vez que a mutabilidade de todas as coisas pode transformá-lo completamente de um instante para o outro; em vez disso, usufruir sempre o presente da maneira mais serena possível: isso é sabedoria de vida."


"Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência."

Augusto Cury